• Entrar/Login
  • Criar uma conta
  • Informações

Como reduzir o custo dos alimentos do seu restaurante

Segundo um estudo do Conselho de Defesa dos Recursos Naturais, de 30% a 40% de todos os alimentos produzidos nos Europa são desperdiçados e chegam a custar aproximadamente €165 Mil Milhões ao ano. E um dos maiores contribuintes do desperdício é a indústria de restaurantes e a sua lucratividade.

CONTROLAR O CUSTO DOS ALIMENTOS

Reduzir os custos e o desperdício é o caminho certo para aumentar a margem de lucro do seu restaurante. Pequenas mudanças como alterações de pedidos, inventários, acompanhamento e monitoramento dos alimentos podem ajudá-lo.

Inventário consistente

Verificar o seu inventário regularmente mostra como o seu alimento está a ser usado e se está a ser desperdiçado. Por exemplo, se perceber que o salame não está a ser usado e se está a estragar, mude a quantidade para evitar desperdícios. Já se o queijo estiver a acabar antes da hora, é melhor comprá-lo com mais frequência.

Seja próximo dos seus fornecedores

Uma vez que já conhece a quantidade de alimentos consumidos no seu restaurante, é hora de trabalhar com os seus fornecedores. Procure saber o que os concorrentes estão a oferecer. E, caso tenha uma boa relação com o fornecedor, procure negociar descontos. Outra opção é efetuar pedidos a granel com entregas feitas em várias remessas. Realizar pedidos a granel de uma só vez podem reduzir os seus custos mas também diminuir o lucro final. O desperdício de alimentos irá aumentar caso não faça o um bom planeamento do que irá vender no período.

Junte-se à uma grupo de compras

Caso não consiga fazer um acordo com o seu fornecedor local, procure um grupo de compras grande como o Fornecedor.pt. Estes grupos são compostos por diversos pequenos restaurantes que se juntam para obterem produtos de alta qualidade a baixos preços. A união dos restaurantes garante um maior poder econômico para negociação com fornecedores.

Gerencie os seus pedidos ao fornecedor

Com um pouco mais de tempo, pode reduzir o custo da operação. Comprar uma galinha desossada dividida em porções é mais cara do que comprar um frango inteiro. Quando se trata dos seus pedidos ao fornecedor, quanto mais estiver disposto a participar, mais econômico será. Acompanhe de perto todas as variáveis que podem afetar os preços finais dos alimentos. Fique de olho nos alimentos sazonais e não se esqueça procurar produtos de produtores locais.

USO DOS SEUS ALIMENTOS

Assim que o alimento estiver no seu frigorífico, é sua vez de usá-lo corretamente, prolongar seu tempo de vida e maximizar seu lucro.

Controle de porções

Controlar o stock é essencial para reduzir o desperdício no seu restaurante. Monitore a quantidade de alimento que está sendo deitado fora. Se os seus clientes não conseguem terminar o prato, talvez a porção seja muito grande. Utilize colheres e balanças de porções para servir a quantidade adequada de comida.

Método Primeiro-Entrar, Primeiro-Sair (FIFO)

Utilize os primeiros ingredientes do seu frigorífico ou inventário. Isso garante a utilização dos alimentos mais antigos e evita que a validade do produto expire.

Especial do dia

Quando perceber que um alimento está na dispensa há tempos, crie uma receita com este ingrediente e adicione-o aos pratos do dia. Esta pode ser uma técnica eficaz para evitar o desperdício. A sua equipe também deve estar preparada para despertar a curiosidade do seu cliente.

Fale com sua a equipa

Mantenha os seus funcionários informados a respeito do preço dos alimentos. Isso pode gerar um maior cuidado com o preparo dos alimentos, porções e evitar desperdícios desnecessários ao longo do processo. Embora os desperdícios possam parecer poucos, pode tornar-se numa grande perda no fim do mês.

DICAS DE COMO REDUZIR E APROVEITAR OS SEUS ALIMENTOS

  1. Saiba como tirar o máximo de proveito da sua comida.
  2. Guarde restos de vegetais como cascas de cebola, cenoura e talos de cogumelo. Pode preparar um delicioso caldo de legumes caseiros.
  3. Não deite fora o pão velho. Prepare croutons, pão ralado ou até mesmo um pudim de pão.
  4. Desfie um frango assado ou um peru do dia anterior e use a carne para preparar uma sopa.
  5. Algumas cervejarias ou cafés preparam granola caseira com grãos maiores. Também se pode servir de alimento para o gado.
  6. Reaproveite ingredientes antigos que ainda estejam em boa qualidade. Caso os alimentos não estejam no padrão para servir ao cliente, use-os como ingrediente para a refeição dos seus funcionários.
  7. Leve seus alimentos reaproveitados para abrigos ou bancos de alimento. As doações ajudam a sua comunidade local.
DE VOLTA AO TOPO